Viña Bouchon

A história de Viña Bouchon remonta a 1887 com a chegada ao Chile de um jovem viticultor francês chamado Emile Bouchon. Depois de trabalhar muito e árduamente como consultor de vinhos em seu novo país, Emile comprou a vinha da Angostura no Vale de Colchagua, que seria transmitida aos seus filhos Antonio e Abel, muitos anos depois.

Julio Bouchon, filho de Antonio, manteve a tradição familiar de vinificação e seu espírito empreendedor vivo. Na década de 1970, Julio comprou a propriedade Mingre nas terras costeiras do Vale do Maule, onde as instalações mais antigas da Viña Bouchon e as vinhas estão em pé até hoje.

Bouchon começou a exportar seus vinhos no final do século 20, na época em que a quarta geração Bouchon juntou-se à empresa. Os três dos filhos de Julio, Julio Jr, Juan e María, ainda trabalham lado a lado de seu pai até hoje.

Os vinhedos Bouchon estão localizados entre a Cordilheira dos Andes nas encostas do litoral e os terraços aluviais do Vale do Maule. Esta é uma das regiões vinícolas mais tradicionais do Chile, desde o século XVII.

As vinhas têm um clima temperado e mediterrâneo produzindo vinhos expressivos e frutados como resultado dos verões quentes e mudanças climáticas drásticas do dia para a noite. Todo o ciclo de vida desses vinhos ocorre nessas vinhas. È sabido exatamente de onde vêm as uvas, tanto cada parcela quanto a sua história de fundo, e trabalham pacientemente para garantir que cada videira atinja todo o potencial.

A adega fica no coração da Viña Bouchon, na propriedade Mingre, nas terras costeiras do Vale do Maule, que incluem barris de carvalho, tanques de concreto e aço inoxidável, uma planta isotérmica e uma planta própria de engarrafamento.

O barril e a adega ainda estão localizados no prédio principal da adega, uma estrutura austera e digna construída no início dos anos 1900 com paredes de adobe e pisos de argila. Outro atrativo de longa data na adega são os tanques de concreto, que permitem vinificar cada um dos nossos melhores varietais vermelhos separadamente.

 

FOYE CABERNET SAUVIGNON

Composição: 100% Cabernet Sauvignon.
Teor alcoólico: 13%.
Colheita: Mecânica seletiva durante a 3ª semana de abril.
Rendimentos obtidos: 15.000kg/ha.

[ + ]

FOYE CARMENERE

Composição: 100% Carmenere.
Teor alcoólico: 13,5%.
Colheita: Mecânica seletiva durante a última semana de abril.
Rendimentos obtidos: 15.000kg/ha.
Vinificação: Fermentação em tanques de aço-inox entre 26º a 28ºC por 12 dias.

[ + ]

FOYE CHARDONNAY

Composição: 100% Chardonnay.
Teor alcoólico: 13%.
Colheita: Mecânica seletiva durante a 1ª semana de março.
Rendimentos obtidos: 15.000kg/ha.
Vinificação: Fermentação em tanques de aço-inox entre 14º a 16ºC por 18 dias.

[ + ]

FOYE MERLOT

Composição: 100% Merlot.
Teor alcoólico: 13,5%.
Colheita: Mecânica seletiva durante a última semana de março.
Rendimentos obtidos: 15.000kg/ha.
Vinificação: Fermentação em tanques de aço-inox entre 26º a 28ºC por 12 dias.

[ + ]

FOYE SAUVIGNON BLANC

Composição: 100% Sauvignon Blanc.
Teor alcoólico: 13%.
Colheita: Mecânica seletiva durante a última semana de fevereiro.
Rendimentos obtidos: 15.000kg/ha.

[ + ]

LAS MERCEDES SAUVIGNON BLANC SINGULAR

Composição: 100% Sauvignon Blanc
Teor alcoólico: 13,1%.
Colheita: Manual durante a 3ª semana de março.
Rendimentos obtidos: 10.000 kg/ha.

[ + ]

LAS MERCEDES SEMILLON SINGULAR

Composição: 100% Semillon
Teor alcoólico: 13,5%.
Colheita: Manual durante a 3ª semana de março.
Rendimentos obtidos: 10.000 kg/ha.
Vinificação: Maceração a frio,

[ + ]

LAS MERCEDES CABERNET SAUVIGNON SINGULAR

Composição: 100% Cabernet Sauvignon.
Teor alcoólico: 13,5%.
Colheita: Mecânica seletiva.
Rendimentos obtidos: 10.000 kg/ha.
Vinificação: Fermentação em tanques de aço-inox entre 26º a 28ºC por 12 dias.

[ + ]

LAS MERCEDES CARMENERE SINGULAR

Composição: 100% Carmenere.
Teor alcoólico: 13,9%.
Colheita: Mecânica seletiva na 1ª semana de maio.
Rendimentos obtidos: 9.000 a 10.000 kg/ha.

[ + ]

LAS MERCEDES ENSAMBLAJE

Composição: 40% Cabernet Sauvignon, 35% Malbec, 25% Syrah.
Teor alcoólico: 13,2%.
Colheita: Manual seletiva, transportados em pequenas caixas. Malbec e syrah são colhidas na 2ª semana de abril e Cabernet Sauvignon na 1ª semana de maio.

[ + ]

PAÍS SALVAJE

Composição: 100% País
Teor alcoólico: 12%.
Colheita: Manual seletiva em pequenas caixas, em floresta nativa de vinhas selvagens, durante os últimos dias de abril.

[ + ]

Imprensa

Descorchados 2018

Las Mercedes Remix 2016 – 94 pts.

Las Mercedes Singular Cabernet Sauvignon 2015 – 91 pts.

Las Mercedes Singular Carmenere         2015 – 92 pts.

Las Mercedes Singular Sauvignon Blanc 2017 93 pts.

Las Mercedes Singular Semillon 2017 – 94 pts.

Las Mercedes Skin 2016 – 95 pts.

País Salvaje 2017 – 93 pts.

Las Mercedes Singular País 2016 – 91 pts.

Las Mercedes Ensamblaje 2015 – 94 pts.

Las Mercedes Singular Cabernet Sauvignon 2014 – 90 pts.

Las Mercedes Singular Sauvignon Blanc 2016 – 93 pts.

Las Mercedes Singular Semillon 2016 – 96 pts.

País Salvaje 2016 – 93 pts.

Las Mercedes Singular País 2015 – 91 pts.

Las Mercedes Ensamblaje  2011 – 92 pts.

Las Mercedes Singular Sauvignon Blanc 2015 – 92 pts.

Las Mercedes Singular Semillon 2015 – 93 pts.

País Salvaje 2015 – 92 pts.

Decanter Wine Awards 2017

Las Mercedes Ensamblaje          2015 – 93 pts.

Las Mercedes Singular Semillon 2015 – 95 pts.

International Wine Challenge 2017

Las Mercedes Ensamblaje          2015

Las Mercedes Singular Semillon               2015

País Salvaje 2015

Parker

Las Mercedes Ensamblaje          2015 – 91 pts.

Las Mercedes Singular Semillon 2015 – 89 pts.

Tim Atkin 2017

Las Mercedes Ensamblaje          2015 – 91 pts.

Las Mercedes Singular Semillon 2015 – 91 pts.

País Salvaje 2016 – 90 pts.

Vinous 2016

País Salvaje 2015 – 91 pts.

Sommelier Wine Awards 2016 

País Salvaje 2015